Páginas

terça-feira, abril 20, 2010

(continuação)

3. Sexo com tempero diferente

Vem preferindo uma volta no shopping a transar com ele? Das duas, uma: ou a liquidação está mesmo imperdível ou... o sexo anda meio caidinho. Se as coisas na horizontal parecem tão excitantes quanto pagar uma conta pela internet - começam com a senha de sempre e, no final, só falta aparecer a mensagem "Sua operação foi realizada com sucesso!" -, é hora de reagir e mudar o script das aventuras a dois. Mas não se desespere.

Segundo a psicóloga Laura Muller, autora do livro Altos Papos sobre Sexo - Dos 12 aos 80 Anos (Globo), todo casal está sujeito a cair na armadilha do piloto automático entre os lençóis. "Tudo o que é repetitivo perde a graça mesmo. Tem que variar nas carícias e posições", confirma ela. Como acertar a sintonia e voltar a desfilar aquela pele boa por aí?

"É preciso separar um tempo para pensar e falar sobre sexo. Mesmo porque o que você (ou ele) curtia antes pode não funcionar tanto agora. Pense no que mais a agrada hoje e diga", indica a expert. Na conversa, só tome cuidado para não magoar e diminuir seu homem. Já na cama, você pode conduzir seu lindo a fazer o que dá mais prazer. Quando ele vir sua explosão de satisfação, fará questão de se empenhar.

Como deixar o sexo quente, fervendo

• Pedir delivery de café da manhã, almoço e jantar para passar o dia inteiro na cama.
• Fazer como os hindus e, nas preliminares, usar toques suaves pelo corpo usando penas, pedrinhas de gelo e sopros para aguçar os sentidos.
• Desenhar uma tatuagem fake em alguma parte do seu corpo e pedir que ele encontre.
• Você fica no quarto e faz um striptease pelo Skype. Ele permanece na sala, assistindo pelo computador tanto tempo quanto conseguir.
• Pedir a ele que passe hidratante em você depois do banho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário