Páginas

segunda-feira, maio 31, 2010

Músicas S/A

Grandes marcas se associam a gravadoras e artistas, ajudando a tirar a indústria fonográfica do buraco - Antônio Carlos Miguel

Marisa Monte, Lenine, Céu, Arnaldo Antunes, Gilberto Gil, Dona Ivone Lara & Delcio Carvalho, Carlinhos Brown, Vanessa da Mata, Tantinho da Mangueira, Cidadão Instigado, Grupo AfroReggae, Naná Vasconcelos, Marcelo Jeneci...

A lista acima, alternando nomes consagrados e emergentes, traz alguns dos patrocinadores pela Natura nos últimos cinco anos e forma um elenco para gravadora nenhuma botar defeito. Num momento em que as multinacionais do disco parecem reduzir o investimento em artistas brasileiros, o exemplo da empresa de cosméticos é o mais expressivo de uma tendência que vem crescendo: a associação de grandes marcas à produção musical brasileira. Com isso, ganham artistas, produtores, empresários e as próprias gravadoras, com novos e poderosos parceiros.

Empresas de telefonia, como Oi e Vivo; de roupas, como Levi´s; de refrigerantes, como Coca-Cola; portais na internet, como Terra; fabricantes de automóveis, como Volkswagen e Audi, ou de celular, como Nokia e Motorola; bancos, com o Bradesco; companhias aéreas, como a TAm; e a mineradora Vale engrossam a heterogênea lista.

As formas de atuação podem ser diferentes, mas o objetivo é o mesmo: reforçar o marketing e criar um elo forte com os consumidores de música, que continua sendo uma infalível isca.

Os presidentes das quatro multinacionais do disco que atuam no Brasil, EMI, Sony, Universal e Warner, em afinado coro, confirmam essa parceria, que já vigora há um bom tempo no Primeiro Mundo. Segundo José Antônio Éboli, da Universal, a crise fez gravadoras, empresários e artistas perderem certos pudores. Para incrementar mais essas parcerias, sua companhiacriou o departamento New Business Development, baseado em São Paulo e ligado ao de música digital.

- Buscamos sinergia com outras marcas, estamos estreitando o contato com as agências de publicidade - revela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário