Páginas

terça-feira, maio 25, 2010

Coladinhos

QUEM TESTOU

Andrea, de 29 anos, e Alexandre, de 35, estão juntos há dez anos e queriam dar um chega-pra-lá na rotina.

A OPINIÃO DELA

“Inicialmente, quando vi a figura no livro, achei a posição bobinha, como um papai-e-mamãe normal. Ledo engano! Sentir meu amor roçando todo o seu corpo musculoso em mim foi incrível. Bônus: 100% de estímulo para o clitóris.”

A OPINIÃO DELE

“Sentir cada milímetro do corpo da minha amada foi uma das experiências mais prazerosas dos últimos tempos. Melhor ainda foi vê-la se contorcendo de tesão, comigo por cima. Aprovadíssima.”

SE QUISER TESTAR...

Olha só que provocante variação do papai-e-mamãe (a mulher deitada de costas e o homem por cima). Até pode parecer, mas a posição não tem nada de comportada. O ideal é manter as colunas perfeitamente alinhadas. Assim, quando ele deslizar sobre você para cima e para baixo (em vez do tradicional entra-e-sai), cada centímetro da pele será massageado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário