Páginas

domingo, junho 13, 2010

Funcionais sem efeito - Antonio Marinho

Alimentos que prometem evitar doenças nem sempre protegem

Vendidos como a solução para os mais diversos prolemas, inclusive prevensão de câncer, nem todos os alimentos que se apresentam como funcionais cumprem o que prometem. Para não comprar gato por lebre, é preciso ler atentamente o rótulo e consultar um especialista.

Caso contrário. em vez de um alimento com função protetora, o consumidor terá reações indesejáveis e problemas mais sérios do que aqueles que tentou evitar. Uma escolha errada pode até prejudicar a absorção de vitaminas e minerais.

A falta de informação sobre os alimentos funcionais é o maior problema. Às vezes as pessoas nem sabem quanto precisam consumir, diz a nutricionista Ana Beatriz Rique, responsável pela nutrição e reeducação alimentar na Clínica Ivo Pitanguy e chefe do Serviço de Nutrição da 38ª enfermaria da Santa Casa de Misericórdia do Rio.

O melhor, afirma é optar pelos naturais. Isso porque só há dois produtos que ela considera eficientes: os probióticos (contêm bactérias benéficas ao organismo) e os fitoesteróis. E só valem se forem registrados como funcionais na Anvisa.

- os probióticos, como leites fermentados e iogurtes, auxiliam no reforço do sistema imunológico, equilibram a flora intestinal e o controle do colesterol e os triglicerídeos. E fica difícil uma pessoa conseguir a mesma proteção apenas tomando uma coalhada preparada em casa, por exemplo. Então, nesse caso, vale a pena comprar o produto industrializado, afirma.

Mesmo assim, explica Bia, os iogurtes e leites probióticos só fazem efeito por um dia. E, portanto, precisam ser tomados diariamente, quando necessários. A outra boa opção são os fitoesteróis, o clesterol das plantas. Em muitos países, como Estados Unidos, são adicionados a margarinas, sucos, iogurtes e barra de cereais.

- os fiteróis, assim como o fatrelo de aveia, não substituem o remédio, mas ajudam a reduzir o colesterol, diz Bia. Já o leite com ácido ômega 3, por exemplo, não faz qualquer diferença. A quantidade desse nutriente é tão baixa que é melhor comer uma boa quantidade de linhaça todos os dias.


Nenhum comentário:

Postar um comentário