Páginas

terça-feira, junho 15, 2010

Governo usa HQ para levar educação sexual às escolas públicas

Objetivo é falar a linguagem dos jovens para reduzir casos de Aids e gravidez

Escolas públicas do país vão receber em breve uma série de histórias em quadrinhos com temas relacionados à educação sexual de jovens e adolescentes. Ilustradas por desenhistas brasileiros da Marvel, as HQs abordam temas como Aids, uso de camisinha, preconceito contra homossexuais, gravidez precoce, entre outros.

"O jovem tem uma linguagem própria e muitas vezes nossas campanhas não chegam à realidade dele", disse o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, ontem, no lançamento das HQs. A iniciativa, uma parceria com a Unesco, faz parte do programa Saúde e Prevenção nas Escolas, que busca reduzir a incidência de doenças sexualmente transmissíveis entre adolescentes.

Em uma das histórias, "Todas as Claudinhas do Mundo", a jovem se sente "o último refri do pacote", "uma verdadeira Super Claudinha", mas não abre mão da camisinha (veja acima). Em outra, o rapaz reclama da forma como os gays são retratados na TV. "Não sou melhor nem pior porque gosto de meninos", diz ele.


'Super Claudinha', com camisinha na mão,
falando com a amiga


(DESTAK SP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário