Páginas

domingo, novembro 21, 2010

Anac convoca empresas para evitar caos aéreo nas férias

Venda de passagens para voos extras que ainda não foram autorizados é uma das preocupações

O risco de problemas nos aeroportos do país, por causa do movimento durante o fim de ano, levou a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a marcar uma reunião hoje com representantes das companhias aéreas, diretores da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e técnicos da Receita Federal.

O encontro será no Rio e vai tratar do esquema que será montado nos terminais aéreos para evitar os transtornos causados pelo aumento de passageiros em função do período de férias.

Os executivos que comandam Gol, TAM, Webjet e Avianca confirmaram presença, e a Azul deve enviar seu diretor de operações, segundo o jornal O Estado de S. Paulo.

O risco a ser discutido não é a repetição do caos no controle de voo, como ocorreu em 2006. Os problemas podem surgir pela combinação de três fatores: a presença em massa de passageiros estreantes, vindos da nova classe média; a venda de passagens além da capacidade das companhias, o chamado overbooking, e o despreparo dos aeroportos para receber usuários novatos.

A venda de passagens para voos extras ainda não autorizados preocupa a Anac. Uma grande companhia teria vendido 10 mil passagens acima da capacidade dos voos programados.

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, confirmou que a venda excessiva de passagens pelas empresas está entre os assuntos a serem tratados no encontro.

'Infraestrutura é desastre', diz Iata


Filas já se tornaram uma rotina
Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário