Páginas

quarta-feira, novembro 03, 2010

Grécia tem onda de atentados/ Destak Jornal

As embaixadas da Suíça e da Rússia em Atenas, capital da Grécia, foram atacadas com bombas ontem e pacotes suspeitos foram encontrados em outras duas embaixadas. Não houve feridos. A polícia suspeita de que os ataques estejam ligados a movimentos radicais de esquerda.

Ataques com bombas pequenas e botijões de gás são frequentes na Grécia desde 2008, quando a morte de um adolescente pela polícia desencadeou uma violenta série de protestos no país.

Um dos pacotes-bomba foi encontrado do lado de fora do Parlamento e tinha como destinatária a embaixada chilena. Também foi encontrada uma carta-bomba na embaixada búlgara. Uma outra foi interceptada nos correios e era destinada à embaixada alemã. Um pacote suspeito, endereçado à embaixada chilena, não continha explosivos.

"Os principais suspeitos são os anarquistas ou os de extrema esquerda, como sempre", disse o analista de controle de riscos da Europa Ocidental, David Lea.

Anteontem, uma carta-bomba explodiu nos correios em Atenas, ferindo um funcionário. A polícia prendeu dois suspeitos de portarem outras duas bombas, destinadas ao presidente da França, Nicolas Sarkozy, e à embaixada belga.

Um pacote com material supostamente explosivo chegou ao escritório da premiê da Alemanha, Angela Merkel, em Berlim. A polícia analisa a encomenda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário