Páginas

terça-feira, setembro 27, 2011

DICAS SOBRE CIDADANIA.

Para o seu filho ser um cidadão melhor


É possível melhorar o mundo. E sabe qual a maneira mais simples de fazer isso? Ensinando crianças como você a serem boas cidadãs. Zero Hora aproveitou este Dia das Crianças para mostrar como, portanto, você pode se tornar um bom cidadão.

Antes de ler as dicas deste encarte e se divertir com o jogo da página central, é importante você saber que um bom cidadão não se preocupa apenas com ele mesmo. Um bom cidadão se esforça para que tudo funcione bem ao seu redor.

Isso se torna possível quando as pessoas se respeitam e também respeitam o ambiente onde vivem. O cuidado com o planeta e o respeito às diferenças são apenas dois dos temas abordados neste encarte.

Você também descobrirá que, mesmo sendo pequeno, já pode colaborar para o trânsito se tornar cada vez mais seguro. E ainda terá lições de solidariedade e de cuidados básicos com a saúde.

Ambiente
 

Devemos cuidar do nosso planeta porque é nele que vivemos, brincamos, construímos nossas casas, escolas, empresas. Imagine que a Terra é como uma grande espaçonave, onde estão mais de 6,5 bilhões de pessoas, todas juntas. Como somos muitos no mesmo lugar, é preciso que cada um faça a coisa certa.

Você pode colaborar nas pequenas ações do dia-a-dia. Procure participar com os amigos, a sua família, os colegas de aula. Troque idéias e informe-se no seu prédio, no condomínio, na sua escola, na cidade onde mora. Nossas atitudes devem ser de respeito e consciência com a natureza. Veja algumas dicas:

 
PARA ECONOMIZAR AS FONTES DE ÁGUA
O que você pode fazer:
- Feche a torneira enquanto escovar os dentes
- Se a torneira estiver pingando depois de fechada, avise seu pai. Um vazamento desperdiça até 50 litros de água por dia
- Não desperdice água durante o banho, evitando permanecer muito tempo com o chuveiro ligado
- Não atire lixo nos rios, lagos e córregos
O que você pode pedir aos pais:
- Não usar a mangueira para limpar a calçada, e sim a vassoura
- Regular o volume de água da máquina de lavar roupa
- Só ligar a máquina de lavar louça quando ela estiver cheia de pratos e talheres
- Escolher detergentes e sabões biodegradáveis, que não poluem
- Não jogar óleo de cozinha usado na pia.
PARA GERAR MENOS LIXO
O que você pode fazer:
- Economize cadernos e lápis, sem que isso prejudique o seu desempenho na escola
- Se já estiver usando computador, não imprima sem necessidade
- Regule a impressora do computador para o modo econômico
- Utilize os dois lados da folha de impressão
O que você pode pedir aos seus pais:
- Separar o lixo reciclável do orgânico, apoiando a coleta seletiva em seu município
- Informar-se sobre para onde encaminhar o material reciclável (vidro, papel, alumínio, embalagens pet, plásticos)
- Cuidar ao se desfazer de pilhas, lâmpadas e baterias usadas, porque são altamente poluentes
- Usar sacolas de tecido para carregar as compras do supermercado, evitando os sacos plásticos
Fonte: Fonte: Junior Achievement, Cartilha do Desenvolvimento Sustentável – Nosso Planeta, Nossa Casa.
PARA ECONOMIZAR ENERGIA
O que você pode fazer:
- Apague a luz ao sair do quarto e de outros ambientes
- Desligue os seus aparelhos elétricos, como o som, quando não estiverem em uso
- Não abra a porta da geladeira sem necessidade
- Evite ligar o ar-condicionado na potência máxima. Se estiver ligado, feche portas e janelas para manter a temperatura desejada
O que você pode pedir aos seus pais:
- Regular o chuveiro elétrico na temperatura adequada, usando o modo "verão" sempre que possível
- Escolher iluminação e ventilação naturais, abrindo janelas e cortinas, se for possível
- Usar lâmpadas fluorescentes compactas (gastam menos), e não as incandescentes
- Se possível, preferir o ônibus e o metrô para reduzir o número de carros nas ruas
- Quando usar o automóvel, tentar dar carona a colegas e vizinhos
PARA NÃO COMPRAR ERRADO
O que você pode pedir aos seus pais:
- Dar prioridade a alimentos orgânicos (naturais) e a produtos ambientalmente corretos (que não sejam plantados em áreas de preservação natural, por exemplo)
- Ler os rótulos dos produtos, para conferir se os fabricantes investem em ações ambientais e no bem-estar social
- Preferir produtos com embalagens do tipo refil (que podem ser usadas novamente) e retornáveis, em vez das descartáveis
- Ao comprar produtos de madeira, ver se a empresa tem o selo FSC (Conselho Brasileiro de Manejo Florestal – FSC Brasil). É uma garantia de que a madeira é legal, não foi extraída de reserva ecológica
- Evitar compras desnecessárias. Além de poupar dinheiro, evita o acúmulo de lixo

Solidariedade


Você pode adotar certas atitudes que vão melhorar a sua vida e a dos outros. Tente ser solidário e cooperativo em casa, na escola, no seu prédio, com os familiares, os amigos e os vizinhos. Pense que nada se constrói sozinho, que saber dividir e ajudar o próximo nos faz sentir melhores. Veja algumas sugestões:

Em casa:

- Peça aos seus pais para doar os brinquedos e as roupas que você não utiliza mais. Eles poderão servir a outras crianças

Na escola:

- Empreste o seu material (borracha, lápis) quando um colega pedir

- Ajude os colegas que tiverem dificuldades na aula

- Cuide da sala de aula, banheiros, laboratório

- Cuide do seu material escolar, pois eles podem ser úteis a outras crianças

No dia-a-dia:

- Trate todas as pessoas como você gostaria de ser tratado, com respeito

- Tente não ser egoísta com o que é seu. Saber dividir é uma grande qualidade

- Se for possível, seja voluntário em alguma entidade, para prestar serviços em alguma área que você tenha afinidade

- Não cultive o individualismo. Seja solidário, e não apenas com as pessoas que estão próximas a você

- Peça aos seus pais para participar de atividades comunitárias, como a campanha do agasalho, do brinquedo, do alimento.

Fonte: ONG Parceiros Voluntários.

Trânsito

A pé:

- Se você tem até 10 anos, atravesse de uma calçada a outra de mãos dadas com um adulto

- Os mais velhos podem atravessar sozinhos. Olhe para os lados e só caminhe quando não houver nenhum carro por perto

- Tente atravessar na faixa de pedestres, porque nela os motoristas têm obrigação de parar e esperar você cruzar a rua

De bicicleta:

- Acostume-se a usar equipamentos de segurança, como capacete, joelheiras, luvas e munhequeiras

- Os pés devem alcançar o chão quando você estiver na bicicleta

Dentro do carro:

- Sente-se no banco de trás, mesmo que ninguém mais esteja no carro além de você e do motorista. Pela lei, só crianças com mais de 10 anos podem ir na frente

- No carro, coloque o cinto de segurança, mesmo se o passeio for curto. Muitos acidentes acontecem perto de casa e em velocidade baixa. Nem nessa hora dá para descuidar

Respeito às diferenças

Você já notou que cada pessoa tem um jeito diferente? Algumas são gordas ou magras, pequenas ou altas. O cabelo pode ser liso, crespo, comprido ou curto. As pessoas também acreditam e gostam de coisas diferentes. Você já pensou como seria chato se todos fossem iguais, como robôs? Veja algumas dicas de como conviver no meio das diferenças:

No dia-a-dia:

- A gente se acostuma com o próprio jeito de ser e pode pensar que os outros, como são diferentes, estão errados. Nem sempre é assim. Muitas vezes os outros são apenas diferentes

- Você torce para o Grêmio, enquanto o seu colega é do Inter? Não existe certo ou errado, é só uma questão de preferência

- Algumas crianças não seguem a mesma religião que você? As pessoas não precisam ter as mesmas crenças

- Alguns colegas não têm tantos brinquedos quanto você? Pense que nem todas as crianças podem comprar brinquedos e roupas de marca, porque os pais delas não possuem dinheiro para isso. O mais importante é se elas são legais. Se você gosta delas e elas gostam de você

Na escola:

- As escolas devem ter projetos para crianças diferentes, que tenham dificuldade para se locomover, ouvir e enxergar

- Se você tem um colega com alguma deficiência, fale com ele

- Se você quiser ajudar um colega com deficiência, pergunte se pode auxiliá-lo. Se ele for cego, ofereça seu braço para guiá-lo

- Se ele fizer uso de cadeira de rodas, pergunte se você pode empurrá-la, caso seja necessário.

- Convide todos para brincar, você aprenderá coisas muito interessantes com seus colegas diferentes.

Fonte: Viviane Loss, diretora do Território de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação (Smed), e Maria Luisa Xavier e Tania Iwaszko Marques, da Faculdade de Educação da UFRGS.

Saúde


Crianças também devem ter um estilo de vida saudável. É preciso cuidar a alimentação, fazer esportes, dormir bem, tentar evitar as doenças e se prevenir de acidentes. Veja algumas sugestões:

Na alimentação:

- Prefira alimentos naturais, frescos e variados, incluindo frutas e verduras

- Diminua o consumo de alimentos gordurosos (salsicha e salgadinhos) e os doces

- Reduza o consumo de refrigerantes

Na higiene:

- Coma devagar, mastigue bem os alimentos, porque é o início da boa digestão

- Escove os dentes e use o fio dental após as refeições

Nas atividades físicas:

- Participe de jogos, brincadeiras e exercícios físicos. Eles trazem bem-estar e promovem a integração com outras crianças

- Estabeleça limites de tempo para ver TV, brincar com jogos eletrônicos e usar o computador

Ao dormir:

- Crianças necessitam de um período de nove a 11 horas de sono

- O pouco sono também se reflete na escola, porque diminui a concentração nos estudos e compromete o aprendizado

Prevenindo acidentes:

- Não entre na piscina ou no mar se não houver um adulto que fique por perto

- Não brinque com isqueiros, facas ou ferramentas que possam causar ferimentos

- Não mexa em chuveiros, tomadas de luz ou equipamentos elétricos

- Jamais se aproxime de uma arma de fogo, como revólver e espingarda

Fonte: Seção de Saúde da Criança e do Adolescente da

Secretaria Estadual da Saúde (SES)

Nenhum comentário:

Postar um comentário