Páginas

quarta-feira, dezembro 07, 2011

Uma Causa de Peso

A Gorda Está Revoltada




Eu não vou aqui citar cada tipo de fator, frase ou situação em que o gordo sofre que nos faz sentir como o rabo do cachorro, mas citar aescolha que você faz em continuar com a sensação de ser o rabo do cachorro ou fazer com que as coisas mudem para você e para os seus semelhantes, até mesmo por que suas escolhas mudam não só a sua vida, mas as vidas das pessoas em suavolta e a de pessoas a quilômetros de distancia é o que conhecemos por efeitoborboleta. Por tanto é preciso muito cuidado em nossas ações.

Você que está lendo esse texto e nenhuma outra pessoa tem amínima obrigação de lutar por uma causa, por essa causa ou por aquela causa, lutar por uma causa é uma coisa tão grandiosa que assim como todos os fatos grandiosos não é para todas as pessoas é para poucos, é para pessoas que escolhem ser mais que espectadores, pessoas que querem mais que viver porviver, pessoas que dão a cara para bater e até são subjugadas por fazerem isso, pessoas que como Eu, preferem abrir a boca e dizer eu luto pelo direito do Gordo ser visto como gente, e não me aproveito dessa necessidade para finspessoais.

Ao longo desse tempo em que estou lutando pela causa gordade ser vi muita coisa, conheci muita gente, ouvi muitas historias, participeide muitas campanhas, mas até hoje poucas pessoas estavam engajadas com a realidéia de fazer a situação mudar, não por que elas sejam menos ou mais que eu esim por que elas se importavam com coisas diferentes, acreditavam em coisas diferentes e algumas delas seguiram em frente outras desistiram e algumas comoeu persistem, numa realidade feia e injusta, a qual muitos de nós estamos sujeitos, é que o mundo nunca esteve tão gordo e em paralelo o gordo nunca foi tão desrespeitado.

Me parece que a falta de obrigação com as coisas faz da vida bem mais fácil para as pessoas, ninguém tem obrigação de declarar-se militante pela causa dos gordos, e nem por nenhuma outra, mais todos têm obrigação de não usar o movimento gordo, para feitos próprios, todos tem obrigação de respeitar aqueles que militam em nome de uma vida mais favorável a quem pesa mais de 60kg, a padronização existe e todos nós já estamos cansados de saber, não importa o que façamos o conceito não vai mudar, agora essa idéia de criar uma nova padronagem para quem é gordo se enquadrar não está só feio é simplesmente o cumulo da falta de respeito.

Já não suporto mais essa conversa mole de que Blogs GG’sfazem apologia à gordura e ver os blogueiros se explicando e se desculpando em seus textos, olha nós falamos isso mais defendemos uma vida saudável, estamos falando aquilo mais não é apologia a obesidade... 
 
Nós fazemos apologia a uma realidade de respeito, em que você gordo possa andar na rua sem ter medo desentar na praça de alimentação e ver olhares de repudio, fazemos isso para que usar uma mini saia não seja direito do gordo padrão 48, nós militamos para que exista um lugar onde você possa ir, vir, usar, abusar e ser olhado, trato e respeitado como todos os outros seres humanos são, sendo assim você blogueiro não precisa de desculpar por isso, você leitor não precise sentir nada disso.

Mais ninguém precisa apoiar ou lutar por essa causa, ninguém precisa nem mesmo dizer que é gordo, gordinho ou similar a isso, o que todos precisam é ter respeito por quem quer que as coisas sejam vistas além do mundo de maquiagens e roupas bordadas, acho sim que tudo isso é muito importante, que levanta a auto-estima, que faz a beleza ser melhorada, acredito no poder de se sentir bem estando bonito, eu mesma souviciada em maquiagem e em vestir roupas da moda, mas eu acredito que existe muito por trás da beleza e principalmente eu sei que o preconceito não évencido com belos trajes, e sim com dedicação e sabedoria, com entendimento e perseverança, com inteligência e militância e principalmente com o respeito por quem quer ir além do guarda–roupas, o respeito por quem luta por dignidade humana independe do quanto ela pesa seja esse peso de dois dígitos ou de três pessoas são pessoas e todas elas merecem respeito, seja você militante ou não sua obrigação é só com o respeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário