Páginas

segunda-feira, fevereiro 06, 2012

Consciência pode resultar de diálogo entre várias áreas neurais, sugere pesquisa

Na última década, o número de estudos que relacionam habilidades neurais a partes do cérebro se multiplicou. No entanto, ainda não há nenhuma evidência sobre alguma atividade cerebral que indique a consciência. 

Uma hipótese considerada por vários grupos de pesquisa é que ela estaria centrada no córtex préfrontal.

Agora, um artigo publicado na Science sugere que a consciência mobiliza várias partes do cérebro, como nenhuma outra de nossas habilidades mentais, criando uma espécie de “diálogo” neural. 

O neurocientista Simon Gaal, do Instituto NeuroSpin, em Paris, analisou a atividade neural de voluntários enquanto eram submetidos a um teste que mesclava estímulos inconscientes e conscientes. 

Eles foram instruídos a apertar um botão sempre que vissem um sinal luminoso em uma tela, mas a conter o gesto se, junto ao estímulo, aparecesse um símbolo de “pare”. 

A equipe de Gaal, porém, camuflou sinais de “pare” nas imagens de forma que não pudessem perceber imediatamente e hesitassem, sem exatamente saber por que, para apertar o botão.

“Os resultados indicaram que não há atividade suficiente em uma região específica para relacioná-la como 'local' da consciência”, diz o neurocientista. Para Gaal, além de desvendar um dos maiores enigmas da neurociência, a descoberta seria decisiva para diagnosticar pacientes em estado vegetativo e até mesmo sugerir uma nova definição de morte cerebral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário