Páginas

quarta-feira, março 21, 2012

Memória se ativa com alimentação

Saúde e Atualidade

Com cardápio certo as células danificadas do cérebro podem ter sua capacidade renovada. Com o tempo as células do cérebro são danificadas pelos radicais livres. A ação desses componentes provoca brancos na memória. Porém, estudos demonstram que uma dieta equilibrada consegue melhorar esse problema.
Uma pesquisa com quem sofre com a doença de Parkinson, que afeta o sistema nervoso central e é caracterizada por tremores e rigidez muscular, demonstrou que 90% dos pacientes melhoraram seu estado de saúde com a alimentação correta. Uma alimentação rica em gema de ovo colaborou para essa melhora. Na gema existe a colina, um micronutriente que estimula a atividade cerebral.
Saiba quais são os alimentos que colaboram para a memória:
Gema de ovo – A colina contida nela é um precursor do neurotransmissor acetilcolina, que melhora a memória. Sua deficiência pode estar associada ao mal de Alzheirmer.
Peixes – São fontes de ácidos graxos ômega 3, um poderoso antioxidante
Frutas e vegetais amarelos – mamão, manga, pêssego, cenoura, abóbora, são ricos em betacaroteno, antioxidante que combate o envelhecimento celular.
Frutas vermelhas - Morango, ameixa preta, amora, framboesa, cereja, abacate e uvas vermelhas. Elas têm flavanóides, que exercem efeitos benéficos na aprendizagem e na memória e protegem os neurônios.
Oleaginosas – castanha, nozes, amêndoas, avelãs, amendoim, são ricas em vitamina E e selênio, também fontes antioxidantes.

Carnes, grãos integrais, leite e derivados – são fontes de vitaminas do complexo B e ajudam a regular a transmissão entre os neurônios.

 http://www.fibromialgia.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário