Páginas

quarta-feira, março 14, 2012

Pesquisa indica que sorvete pode viciar como as drogas

Vontade de comer a guloseima provoca reações cerebrais semelhantes a de usuários de cocaína Cláudio Motta


Sorvete: difícil de resistir
Foto: Divulgação
Sorvete: difícil de resistir 
RIO - É comum sentir “gosto de quero mais” depois de tomar sorvete. Este desejo, de acordo com pesquisadores, pode ser tão viciante quanto o relacionado às drogas ilegais. A forma pela qual o cérebro responde aos estímulos de satisfação em alguns alimentos é semelhante a de pessoas que usam cocaína.

Publicada na revista “American Journal of Clinical Nutrition”, a pesquisa reforça outros trabalhos que mostram como as pessoas podem se sentir viciadas em alguns alimentos. De acordo com Kyle Burger, do Oregon Research Institute, em Eugene, nos Estados Unidos, o excesso de ingestão de comidas com alto teor de gordura ou de açúcar provoca alterações cerebrais.

- As pessoas comem mais para tentar chegar novamente ao nível anterior de satisfação - disse Burger. - O consumo excessivo de alimentos ricos em gordura ou açúcar pode alterar a forma como o cérebro responde aos alimentos, uma maneira de perpetuar a ingestão de mais alimentos.

Ao todo, foram analisados 151 adolescentes com idade entre 14 e 16 anos, alimentados com milkshakes de chocolate da marca Häagen Dazs. Um aparelho de ressonância magnética foi usado para avaliar os efeitos cerebrais quando uma foto do milkshake era mostrada.

Todos expressaram o desejo de comer um copo do doce, mas a satisfação era menor entre aqueles que, nas semanas anteriores, tinham comido mais a guloseima. 

Esta reação é semelhante a dos viciados em drogas, porque, apesar dos desejos crescentes, a resposta de prazer dada pelo cérebro estava sendo anulada. Possivelmente, isto está relacionada a níveis menores de dopamina. 

Analisando os dados de ressonância magnética, pesquisadores chegaram a conclusão de que os adolescente que comiam mais sorvete precisavam ingerir mais o doce para sentir a mesma satisfação.

- É difícil afirmar que o sorvete, por si só, faz as pessoas ficarem viciadas. Mas os estudos mostram que ele tem propriedades semelhantes a de substâncias viciantes – disse Burger. - 

Algumas pessoas podem comer frequentemente sorvete ou outros alimentos ricos em gordura e açúcar e não aparentar qualquer característica relacionadas a vício, mas outras podem desenvolver dependência em relação a comida.

Os pesquisadores ressaltam, ainda, que algumas pessoas que fumam, bebem ou jogam também não se tornam viciados. Burger citou, ainda, pesquisas que relacionam junk food à dependência:

- Eu não diria que comida é viciante, mas eu já escutei algumas pessoas dizerem que não podem viver sem ela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário