Páginas

terça-feira, julho 31, 2012

Memória Celular

Posted: 18 Jun 2012

Por Yogui Jivan Vismay

A cada segundo estamos fazendo algo e este fazer pode ser pelo agora, pelo passado ou pelo futuro. Se é pelo agora, não tem nenhum efeito negativo, é a realidade. Mas se é pelo passado ou pelo futuro, então pode provocar aflição.

Quando não sabemos o que fazemos ou para quem fazemos, nasce uma falta de confiança e essa falta de confiança nos conecta com nossas memórias passadas e o resultado é baixa concentração. Realizamos tarefas incompletas e a satisfação é parcial, o que provoca a lembrança ou uma memória negativa, que produz aflição, e assim uma atrás do outra …

Em outras palavras, a satisfação parcial ou felicidade parcial cria uma impressão no nosso cérebro, que faz com que a realização de cada tarefa ou desejo não gere a mesma experiência que nos motivou realizá-la. Assim deixamos de realizar nossos desejos e criamos um mundo de projeções. Isso cria uma vida sem vida, ou pouca vida, ou vida com aflição.

A palavra karma significa ação. Cada ação tem sua reação, que pode ser satisfatória ou insatisfatória dependendo da causa da ação. Se considerarmos toda a ciência da aflição veremos que, no fundo de tudo, existe uma memória acumulada que se transforma em apegos e condicionamentos. 

Sem a memória das reações negativas acumuladas ninguém sofre, por isso se diz que cada um sofre por seus karmas (o que você dá, o mesmo recebe de volta, mais cedo ou mais tarde).

Como  podemos parar esse ciclo e queimar os karmas antigo? Há algumas ferramentas:

            Tapah: ter uma rotina restrita e saudável.
            Svādhyāya: Praticar o estudo de nós mesmos, escutar os vedas e cantar o místico mantra OM.
            īśvara-pranidhānāni: deixar o eu, o ego e dedicar ao Eu Supremo

Com a prática desses passos e meditando muito, nasce o desapego e desaparece a ignorância. Essa prática desperta o intelecto (viveka) e o praticante alcança o Vivek Samadhi,  e o fogo desse samadhi queimará esses karmas.

CONTATO NO BRASIL:
Babi Minamoto
(11) 5359-0170

Nenhum comentário:

Postar um comentário