Páginas

terça-feira, julho 31, 2012

O que eu tenho a ver com a Rio + 20?

Com a Rio+20 em todos os jornais, revistas, papos cabeça e conversas de botequim, fica difícil não pensar: “E eu com isso?”.

Nós, a sociedade civil, temos um papel importantíssimo na mudança de paradigma que se apresenta como urgente. Precisamos pressionar o poder público para tomar decisões que estimulem práticas verdes através de incentivos fiscais e decisões conscientes do tripé da sustentabilidade: econômico, social e ambiental. Mas será que é só pressionar e esperar acontecer? E  aí você pergunta: “pressionar como, se não tenho voz ativa?”

Vamos pensar…. Será que todas as decisões tomadas em Copenhagen, Eco-92 e Kyoto (para citar alguns encontros mundiais sobre sustentabilidade) foram levadas adiante? Se não foram, porque isso aconteceu? Pura e simplesmente porque os governos decidiram não fazê-lo? Será que tem alguém acima do governo, tomando decisões por ele? Onde está esse alguém?

Está em suas mãos. Cada vez que você compra algo, está cedendo poder a alguém, vou chamar esse tal alguém de empresa. Cada decisão de compra que temos, estamos cedendo poder a uma empresa. Você sabe quais são os valores dessa empresa? Qual é sua pegada ecológica, social e econômica?

Não temos tanta voz ativa quando falamos de poder público, mas temos dinheiro ativo quando falamos daqueles acima do governo. Está bom… Entendi…. E a yoga com isso?

O que é yoga senão nos conectarmos com nosso eu mais profundo e puro? A partir do momento que somos integralmente, nos afastamos de hábitos compulsórios: posses e alimentação, para começo de conversa. 

E aí cutucamos as empresas, dando nosso recado: “Estou insatisfeita com a maneira que você lida com a Vida.” Sim, são instituições muito inteligentes, vão entender a mensagem. Afinal, são feitas de gente como a gente.  Sim, temos voz ativa. Ativa e alta.

 


Carolina Bergier − Jornalista ambiental, escritora e praticante de yoga há 7 anos. A busca pela consciência integral permeia sua vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário