Páginas

sexta-feira, janeiro 04, 2013

A era digital trouxe a incapacidade de apertar o botão de desligar

Contra vício por tecnologia, psicóloga ensina a fazer um “detox digital”

por Redação
Contra vício por tecnologia, psicóloga ensina a fazer um “detox digital” title=

A facilidade de acesso às ferramentas digitais trouxe uma série de benefícios. Hoje é possível obter informações de qualquer lugar do mundo em tempo real e conectar-se com várias pessoas ao mesmo tempo. Porém, para alguns, a era digital trouxe a incapacidade de apertar o botão de desligar. 

“A internet é um instrumento inegavelmente útil e atrativo, as novas possibilidades que ela oferece são criadas para suprir nossos interesses pessoais. Há quem use para observar a vida alheia, para se promover, trabalhar, fazer amigos. Independentemente do objetivo, existe a possibilidade de consegui-lo”, afirma Ana Luiza Mano, psicóloga colaboradora do Núcleo de Pesquisa e Psicologia em Informática (NPPI) da PUC- SP.

Essa dificuldade em se desconectar pode gerar prejuízos à saúde. 

“Quem abre mão de uma noite de sono para navegar ou ainda apresenta problemas posturais por passar horas a fio de frente para um computador está usando a ferramenta de uma maneira inadequada. Inclusive, caracteriza-se como compulsão a dificuldade de abrir mão de estar online, mesmo perdendo em qualidade de vida”, observa a psicóloga.

Se ultimamente o notebook foi o seu companheiro mais fiél, é válido analisar se vale realmente a pena passar tanto tempo conectada. 

“Faça uma autoavaliação. Você deixa de sair para ficar online? Ou ainda, que saia, deixa de aproveitar a companhia dos amigos para acessar as redes socias pelo celular? A internet também traz bem-estar, mas, quando isso prejudica outras áreas da vida, é sinal de que é preciso tomar cuidado”, alerta.

A receita para se desintoxicar dos males da era digital é fazer tomar o caminho inverso. 

“Coloque no papel todos os seus acessos. Reflita sobre o que se está deixando de fazer para ficar conectada. Dessa forma, o uso da internet deixa de ser um processo mecânico e passa a ser algo racional. Além disso, esforce-se para fazer uma atividade ao ar livre, vá ao cinema, teatro. Cada um deve descobrir um novo rumo para conseguir se desligar. Em casos de extrema dificuldade, procure um atendimento terapêutico especializado”, finaliza Mano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário