Páginas

sábado, abril 27, 2013

Circulação de revistas digitais dobrou nos EUA em 2012, diz estudo


Pesquisa divulgada pela Alliance for Audited Media (AAM) revela crescimento no mercado de revistas digitais nos Estados Unidos. O relatório, que coleta dados de 402 revistas, revela que a circulação de edições digitais mais que dobrou nos EUA no segundo semestre de 2012 em comparação com o mesmo período de 2011.

O número de exemplares em circulação - no segundo semestre de cada ano, saltou de 3,2 milhões em 2011 para 7.9 milhões em 2012. A circulação das edições digitais corresponde a 2,4% do total de vendas no país. Ao todo, 289 publicações oferecem versões alternativas ao papel, segundo a pesquisa.

De acordo com o relatório, a líder em circulação no mundo digital é a Game Informer Magazine, com a marca de 2,3 milhões.  A prata é da revista Maxim (259 mil); segue Cosmolitan (254 mil) e National Geographic (160 mil). Percebe-se uma grande diferença entre o primeiro colocado e os demais. O nicho e o tipo de público consumidor da Game Informer explica, de algum modo, a liderança no digital.

Embora o crescimento das edições digitais nos EUA, o mercado como um todo amarga queda. A circulação total de revistas e vendas de unidades (impressas e digitais) caiu em 0,8% e 8,2%, respectivamente. O total de assinaturas pagas cresceu 0,7%.

A AAM é uma organização sem fins lucrativos que reúne anunciantes, agências de publicidade e veículos de comunicação com objetivo de obter – de forma independente e certificada - dados e informações relevantes sobre o mercado de mídia local.

Em resumo, a pesquisa demonstra o que muitos estão prevendo: o papel tem espaço, mas o futuro é digital, e ele está cada vez mais próximo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário